Abril Verde: Movimento pela Saúde e Segurança no Trabalho

O movimento engloba ações de conscientização relacionadas à segurança e à saúde do trabalhador

O Movimento Abril Verde é uma campanha que tem como finalidade lembrar a sociedade das questões relacionadas à saúde e segurança do trabalho. O objetivo é reduzir os acidentes de trabalho e as doenças ocupacionais.


O movimento engloba ações de conscientização relacionadas à segurança e à saúde do trabalhador brasileiro. Ele parte do pressuposto de que se pode fazer mais por um trabalho saudável e sem acidentes, por meio da disseminação de informações qualificadas que fortaleçam a cultura de prevenção de acidentes no ambiente de trabalho.


A mobilização se faz necessária para tratar do tema das Vítimas de Acidentes e Doenças do Trabalho com o objetivo maior de reduzir os acidentes de trabalho e os agravos à saúde do trabalhador. A iniciativa é importante para envolver a sociedade, órgãos de governos, empresas, entidades de classe, associações e sociedade civil organizada para discutir e conscientizar sobre a importância de prevenir e alertar sobre os problemas que ocorrem no mundo do trabalho.


A iniciativa tem com objetivo discutir com sociedade sobre a criação de ambientes de trabalho saudáveis e sem acidentes. É preciso gerar a conscientização que somente com o envolvimento, com a troca de informações, é que se pode favorecer uma cultura de prevenção à vida e à saúde no ambiente de trabalho, além de desenvolver uma cultura permanente de prevenção de acidentes do trabalho e doenças ocupacionais.


Por que foi escolhido o mês de abril para o Movimento Abril Verde?

Em 2003, a OIT (Organização Internacional do Trabalho) instituiu o dia 28 de abril como o Dia Mundial da Segurança e Saúde do Trabalho, em menção a um grave acidente ocorrido em 1969 no estado da Virginia, nos EUA, onde 78 trabalhadores da mineração acabaram perdendo suas vidas.


Em consequência, no Brasil, em 2005, através da Lei n.º 11.121, esse dia também foi utilizado para indicar o Dia Nacional em Memória das Vítimas de Acidentes e Doenças do Trabalho. É importante lembrar que no mês de abril também é celebrado o dia Mundial da Saúde.


Portanto, o mês de abril é um período de reflexão. É um período para se pensar sobre os cuidados com a saúde e a vida daqueles que exercem atividades laborais. É um lembrete para todos os níveis de governo e empresas privadas, no intuito de fomentar mais investimentos na prevenção de acidentes de trabalho.


Notificações de acidentes


Dados do Observatório Digital de Saúde e Segurança do Trabalho, Smartlab de Trabalho Decente do MPT – OIT, demonstram que em 2018 foram registrados mais de 623 mil acidentes de trabalho registrados, resultando em mais de 2.000 mortes. Entre as vítimas fatais de 2019 estão 228 trabalhadores que perderam a vida no maior acidente de trabalho da história do país – além de 49 desaparecidos – com o rompimento da barragem de rejeitos da mineradora Vale, em Brumadinho (MG); os dez adolescentes – que tinham idades entre 14 e 16 anos – atletas da categoria de base do Flamengo, vítimas do incêndio no centro de treinamento do Rio de Janeiro.